Blog

Notícias recentes



Covid-19 - O que já aprendi com ele

Publicado em 18 de março, 2020

A Década de 90 foi um marco para o mundo, com o inicio do processo de globalização entre continentes e nações. De repente, o mundo se viu conectado como nunca na história da humanidade. 

De lá pra cá, a tecnologia, a facilidade de viajar entre países e a internacionalização da mão de obra fizeram o mundo muito mais heterogêneo, com uma troca cultural intensa. De fato, foram muitos ganhos proporcionados pela globalização.
No entanto, assim como muitas conquistas, também tivemos as derrotas… a globalização deixou o mundo muito mais frágil, do ponto de vista econômico e, principalmente do ponto de vista da saúde. Uma epidemia local se torna facilmente em pandemia, matando pessoas no mundo inteiro. E assim está sendo com o Covid-19, que teve inicio na China e hoje praticamente está em todo o mundo, fechando fronteiras (portos, aeroportos, etc.), deixando milhões em quarentena, contaminando e matando em todos os lugares. Ela mudou o modus operandi mundial como há muito tempo não se via.
Agora, essa conexão global, que era desejada pela maioria das pessoas, agora passou a ser uma tormenta, com a proliferação do Covid-19… e olhe que ainda estamos me parece que no começo de uma período doloroso, cruel e de prejuízos sem precedentes.
Na Europa, países em regime de sítio, com fábricas e lojas fechadas e as pessoas reclusas em suas residências. Aqui, estamos no que chamo de delay cronológico de aproximadamente 30 dias em relação a eles. E muitos ainda inertes à ameaça real.
E isso acende uma luz vermelha de que é preciso aceitar a realidade de lá, para que possamos mudar a realidade de cá… ou seja, tentar antecipar as ações preventivas dos países asiáticos e europeus, porque certamente os resultados - caso não haja ações radicais - serão os mesmos ou piores, com muitas mortes e infectados... no Brasil, provavelmente com resultados muito maiores, por ser um país continental.
O que podemos aprender com esse primeiro capítulo do Covid-19 por enquanto… em primeiro lugar, é preciso repensar a globalização, porque certamente no futuro um surto mais poderoso poderá acabar com a humanidade; em segundo lugar, que somos uma raça muito, muito, muito frágil… uma bactéria, um vírus pode comprometer a nossa existência. E terceiro lugar, não existe praticamente em nenhum lugar uma cultura de prevenção para epidemias e pandemias. Ou seja, só se pensa em resolver quando o risco de contaminação já é grande e incontrolável. É preciso urgente criar um código de ações emergenciais para ser seguido em todo o mundo, a fim de evitar que bactérias e vírus sejam rapidamente levados aos quatro cantos do mundo... pra entender melhor, sugiro assistir esse Ted de Bill Gates, que aconteceu há 4 anos (https://www.youtube.com/watch?v=6Af6b_wyiwI). e por fim, em quarto lugar, é triste ver que ainda existem nações dando mais importância ao prejuízo financeiro, do que as mortes que acontecerão com o Covid-19. Isso mostra como o homem está contaminado com a cultura capitalista do ter, do dinheiro e da riqueza, ao invés de valorizar a vida, a saúde e o bem estar social. 
O Covid-19 é um grande alerta à humanidade… um alerta que devemos ser menos ambiciosos, menos intolerantes, menos egoístas, menos desumanos… porque essa corrida toda pelo dinheiro e pelo sucesso se torna fulgás quando a nossa existência está em risco. Menos capitalismo e mais humanidade por favor!!!


fale conosco



Quer saber mais sobre nossos serviços? Preencha o formulário abaixo ou entre em contato direto conosco para obter informações detalhadas.

  • Fabio San Martin

    Sócio-Diretor

    Telefone: +55 (84) 99925-3746

    E-mail: diretoria@fabiosanmartin.com.br

    Linkedin: visualizar perfil

  • Jodibel Niklas

    Sócio-Diretor

    Telefone: +55 (84) 99995-8027

    E-mail: diretoria@jodibelniklas.com.br

    Linkedin: visualizar perfil